Av. Getúlio Vargas, 580. Setor Administrativo
Cep: 76240-000 - fone: (064) 3638-2475


 

 

Home
 
 

Falta de saneamento básico prejudica saúde pública em Aragarças


Ascom
Publicado Quinta-Feira, 12 de Julho de 2018, às 07:48 | Ascom

 A falta de saneamento causa diversos problemas para a população. Além de causar odores indesejados e aumentar a frequência de animais, como ratos, ainda pode ocasionar em algumas doenças que apenas “parecem” extintas, como é o caso do sarampo e da poliomielite que em Goiás estavam desaparecidas desde 1998. Aragarças e outros 181 municípios, mais de 73% do território goiano, são considerados de alto risco por não terem alcançado um nível satisfatório de imunização, que é de 95%%, dados da SES-GO.

Para a administração municipal, a rejeição em 22 de março de 2018 pelos vereadores aragarcenses do Projeto de Lei nº 04 de 26 de fevereiro que dispõe sobre a revogação da Lei nº 1830/2017 por seis votos contra, um favorável e uma abstenção, está prejudicando principalmente a saúde pública do município, pelo fato da negativa de renovação do contrato de concessão da àgua e do esgoto de Aragarças para a Empresa SANEAGO.

É importante salientar que para reduzir a ocorrência dessas doenças, é fundamental que a população aragarcense tenha acesso as condições mínimas de saneamento, com água e esgoto tratados corretamente, destinação e tratamento adequado do lixo, assim como serviços de drenagem urbana, instalações sanitárias corretas e educação para a promoção de hábitos saudáveis de higiene. Dessa forma, para se ter saneamento básico, com uma rede de esgoto funcionando 100% na cidade de Aragarças depende-se hoje, única e exclusivamente do poder legislativo municipal.